Escadas de vidro são tendência nos projetos arquitetônicos


Foto:  Escada de vidro na Sede da Apple em Nova York

 

Modernas, práticas e versáteis, as escadas de vidro atraem interessados em ter um projeto diferenciado. A segurança que as tecnologias empregadas ao vidro e às ferragens e acessórios para vidro traz tem impulsionado essa tendência. Outro argumento de venda é que o vidro é um material de fácil limpeza e grande durabilidade.



A variedade de tipos de vidro oferece combinações distintas. É possível escolher a cor do vidro ou a textura, opaca, fosca ou texturizada, além de instalar leds para que a escada fique iluminada, causando efeitos surpreendentes e sofisticados. A ampla opção ferragens e acessórios também permite uma gama de possibilidades.

 

As escadas de vidro podem ser fixadas diretamente à estrutura ou ao próprio guarda-corpo, seja este de metal ou totalmente em vidro. Uma das ferragens mais utilizadas é o botton, preferencialmente em aço inox, pois este metal proporciona maior resistência e durabilidade.

 

O botton garante uma aparência mais clean e discrição caso o objetivo seja destacar a transparência do vidro. Porém, há outras possibilidades, já que o aço inox também tem um apelo visual, trazendo sofisticação, estando em sintonia com os projetos de escadas de vidro.

 

Escada de vidro com guarda corpo de vidro

Foto ilustrativa: ERGO architecture and design

 

Para projetos que buscam dar destaque às ferragens e acessórios ou que precisam de uma sustentação maior, há outras possibilidades de fixação como suportes e colunas, além do spider, com uma, duas, três ou quatro pontas,e  que possui um design diferenciado.

 

A escolha das ferragens de fixação e sustentação é muito importante, pois o vidro precisa estar bem apoiado para resistir ao esforço a que será submetido. Na instalação, não é recomendado que o vidro fique em contato direto com as ferragens, devem ser utilizados materiais intermediários.

 

Já quanto aos vidros, a norma NBR 7199, que regulamenta o uso de vidros na construção civil diz, no item ‘Instalações Especiais’, que instalações como degraus e pisos devem ser compostas por vidro de segurança laminado. A norma, inclusive, apresenta uma metodologia para cálculo da espessura ideal de vidro de acordo com o tipo de obra e o local onde será feita.

 

A norma que atua sobre a performance de vidros laminados é a NBR 14697.  O vidro laminado é composto por duas camadas de vidro intercaladas com uma película flexível, geralmente de PVB (Polivinil Butiral), unidas a partir de um processo de calor e pressão, que confere alta resistência mecânica.

 

Escada de vidro com guarda corpo de vidro

Fotos ilustrativas: ERGO architecture and design

 

O laminado também diminui os riscos às pessoas, pois em caso de quebra mantém os fragmentos presos ao PVB. Como a aderência entre os materiais é total, os cacos ficam presos à película, que é elástica e não rompe facilmente.  O recomendado é que escadas de vidro sejam de vidro laminado feito com chapas de vidro temperado.

 

Primeiro, para aumentar ainda mais a resistência. Também porque o sistema exige que as peças sejam furadas, o que fragiliza a estrutura da peça. Por isso, a têmpera deve ser atrelada à laminação, principalmente quando estas furações servem para suporte da instalação.

 

Outra maneira de aumentar a segurança é fabricar um produto com mais camadas, formando vidros multilaminados, com três ou quatro chapas. Os vidros blindados também são considerados laminados. O que muda é a quantidade de camadas e o uso de uma película de policarbonato, além do PVB. O policarbonato é mais resistente que o PVB.

 

As empresas que trabalham com pisos e escadas de vidros sugerem o uso de vidros com três ou mais camadas de laminação. Dessa forma, caso haja a quebra de uma delas, as outras placas sustentam a estrutura provisoriamente. Porém, não é permitido laminá-las com características diferentes.

 

Todas devem receber o mesmo tratamento e a recomendação relativa ao vidro é que não variar a espessura das peças em mais de 2mm. Vale lembrar que há uma vasta gama de tipos de vidro que podem ser usados na composição do laminado em pisos suspensos e escadas de vidro, como impressos, serigrafados (coloridos) e antirriscos.

 

Pode-se optar também por aplicar uma película antiderrapante, que aumenta as condições de segurança sem prejudicar a transparência, o que é bastante indicado em escadas de vidro, pois este material tem uma superfície lisa e escorregadia, podendo causar acidentes.

 


Comentários